Descrição do projeto

O desenvolvimento da literacia estatística dos alunos dos diferentes níveis de escolaridade tem vindo a ser apontado como objetivo curricular destacado em recentes orientações curriculares nacionais e internacionais. No panorama nacional, o Programa de Matemática do Ensino Básico que começou a ser implementado em 2009 veio atribuir um maior destaque à estatística, apresentando objetivos de aprendizagem mais exigentes, desde os níveis mais elementares. Esta situação torna-se desafiadora para a prática do professor, exigindo-lhe o desenvolvimento de novas perspetivas e conhecimentos. Tendo em conta este contexto, o projeto Developing statistical literacy: Student learning and teacher education surgiu com o objetivo estudar o desenvolvimento da literacia estatística desde os níveis mais elementares até ao ensino secundário, em duas vertentes: i) na caracterização de aspetos essenciais da literacia estatística de alunos, nomeadamente no que diz respeito à capacidade de formular questões e recolher dados e representá-los para responder a essas questões, e ii) na compreensão do desenvolvimento do conhecimento didático e estatístico do professor para ensinar este tema. No decurso do desenvolvimento do projeto emergiu uma outra linha de investigação associada ao estudo do raciocínio estatístico dos alunos e às condições necessárias ao seu desenvolvimento.

No que diz respeito ao desenvolvimento da literacia e raciocínio estatísticos, o projeto assume o papel central da realização de investigações estatísticas, uma vez que esta atividade tende a envolver os alunos na aprendizagem e promove uma visão holística do pensamento, mobilizando conhecimento em diversas áreas, usando processos complexos de raciocínio de uma forma flexível e ajudando os alunos a desenvolver o pensamento crítico. Em particular, e no que diz respeito ao desenvolvimento do raciocínio estatístico, o projeto tem-se dedicado à temática da inferência informal estatística, entre outras, através da criação de ambientes com recursos tecnológicos que apoiem os alunos nos seus processos de raciocínio.

O projeto centra-se também no aprofundamento do domínio do conhecimento estatístico e didático para ensinar do professor e do seu desenvolvimento, em contextos de formação inicial ou contínua. Este conhecimento suporta o planeamento de cursos na formação inicial de educadores e professores dos níveis elementares e na formação contínua, assim como na criação de contextos de formação colaborativa, em estreita articulação com a prática profissional.

O projeto é da responsabilidade do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, com a parceria da Universidade de Évora. A sua equipa é constituída por sete investigadores doutorados, todos com vasta experiência na formação de professores, de diferentes instituições de ensino superior nacionais. A equipa inclui também alunos de doutoramento e de mestrado que são professores ou formadores de professores, oriundos de diversas partes do país. Os resultados e recursos que são produzidos pelo projeto têm sido disseminados em contextos nacionais e internacionais, através da publicação de artigos, de comunicações em reuniões científicas e profissionais e em seminários abertos à comunidade de educação matemática nacional e internacional.

 

Este projeto teve o apoio financeiro da FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia (referência PTDC/CPECED/117933/2010) entre 2012 e 2015FCT_V_cor